9 Jul. 2011 // 29 Jul. 2011

PROJECÇÕES2011 [O Desenho da FBAUP]

Sala de Exposições Temporárias | Temporary Exhibitions Room

O Lugar do Desenho – Fundação Júlio Resende afirma-se, desde a sua criação, como um sítio vocacionado para mostrar, pensar e promover o desenho.
O seu nome institucional – Fundação Júlio Resende – celebra um artista em cuja obra se apercebe uma imensa dedicação ao desenho e o seu nome poético – Lugar do Desenho – explicita que esta é uma das moradas de tal expressão artística.
Invisível ou apenas pressentido nas obras de arte ao longo dos séculos, criado para ficar subjacente à pintura ou para sobreviver apenas nos estudos dos escultores e nos projectos dos arquitectos, o desenho ganha uma visibilidade inédita no século XX quando se dá a sua confirmação como processo autónomo que, no entanto, não nega aquelas dimensões habituais. Na passagem para o século XXI adquiriu um impacto novo com o aparecimento de instituições e colecções especializadas, de grandes exposições e de acções colectivas de sensibilização a esta prática artística.
A Exposição de Desenho de Estudantes Finalistas da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto que a Fundação Júlio Resende recebe é, pois, mais uma oportunidade para cumprir os seus desígnios e abordar as problemáticas que o desenho suscita no mundo cultural contemporâneo, através das experiências de alunos de uma instituição de ensino ainda ligada a Júlio Resende que aí foi aluno e professor.


ANA MONTEIRO | ANA VALE | ANA TELES | ANA TEMUDO | ANALICE CAMPOS | CARLOS AZEREDO MESQUITA | DELFIM RUAS | DIOGO GOES | DIOGO RODRIGUES | FERNANDO SEBASTIÃO | FLÁVIA COSTA | HELENA MANCELOS SILVA | HUGO DE ALMEIDA PINHO | ISABEL FERRÃO | ISABEL QUARESMA | JOANA OLIVEIRA | JOÃO BROJO | JOÃO PEDRO OLIVEIRA | JORGE MARINHO | JOSÉ MARTINS | MARIA TRABULO | RAQUEL MOREIRA | SARA MATA | STEPHANIE FERREIRA | SUSANA ALEIXO LOPES


Num ciclo que vimos celebrando e queremos continuar a celebrar, vimos anualmente expor no Lugar do Desenho uma seleção do que foi no presente ano lectivo o enunciado do desenho na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Numa coordenação do Professor Jorge Marques nomeado pela sub-unidade orgânica da especialidade para tal tarefa, assim se releva numa instituição que tanto estimamos, o olhar renovado dos nossos estudantes na disciplina nuclear que afirmou e afirma a qualidade desta Escola. Um agradecimento lhe endereço pelo trabalho e dedicação.
No cumprimento de uma obrigação registamos, mais uma vez, o reconhecimento e gratidão que são devidos ao Conselho de Administração do Lugar do Desenho, na figura do seu patrono, Professor Pintor Júlio Resende, também ele figura tutelar e incontornável da arte e do desenho em Portugal, o nosso muito obrigado.

Francisco Laranjo
Director da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto



Dando continuidade ao ciclo de exposições - PROJECÇÕES - Mostra de Desenhos de Alunos Finalistas da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, no Lugar do Desenho - Fundação Júlio Resende, este ano são mostrados os desenhos dos projectos realizados no âmbito da unidade curricular de Práticas do Desenho.
Esta é por isso, uma mostra que antes de mais, afirma o espaço do desenho numa perspectiva do desenho que se pensa, que se trabalha e que se realiza em contexto de "escola". Esta é também uma forma da "escola" , responder às questões emergentes do papel do desenho na arte contemporânea.
Para a Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, a importância do desenho cruza-se com a sua história. É também desta "escola" que se faz memória, que se perspectiva o futuro. Hoje, tal como no passado, o ensino no desenho, é não apenas, estrutural mas afirma-se cada vez mais como um espaço autónomo de investigação e afirmação da arte do seu tempo.
O conjunto de desenhos apresentados são o resultado de escolhas individuais e actuações muito diversas no campo do desenho.
Essas escolhas são também, a afirmação um espaço de procura, no sentido do desenho, autónomo, cujo fim é ele mesmo. O desenho que se faz para ser um desenho. Esta é uma condição determinante no modo como se passa a pensar o desenho. Neste sentido cada projecto encena o seu modo de compreender e afirmar a natureza do desenho. Cada processo descreve o modo como cada um resolve e se posiciona no entendimento da disciplina do (próprio) desenho.
É por ventura este dispositivo de auto-referência, que gera processos e actuações tão distintas umas das outras.
As práticas do desenho são neste contexto, onde o desenho se pensa e realiza, como prática autónoma, no sentido de compreender a sua própria natureza, entre os limites da disciplina e a possibilidade da sua transposição.
Esta mostra de desenho é também o reconhecimento da importância e da afirmação que o desenho tem tido no contexto da arte contemporânea.

2011, J Jorge Marques
12
PROJECÇÕES2011 [O Desenho da FBAUP]
PROJECÇÕES2011 [O Desenho da FBAUP]
facebook Lugar do Desenho