14 Mai. 2005 // 19 Jun. 2005

Os Papangús de Ségio Lemos

Sérgio Lemos

Sala de Exposições Temporárias | Temporary Exhibitions Room

Sérgio Lemos aí está o mais lídimo embaixador da Cultura Brasileira, pela vivência transbordante e pelo afecto que vem da lonjura do tempo. A alegria não tem medida, exactamente como a dimensão da amizade. A sua pintura exclui os rigores mensuráveis porque transbordam os limites do coração.
Ela faz apelo à comunhão da vida pujante de alegria que é um modo de dizer fraternidade, sem convenções nem constrangimentos. Se tens uns braços robustos aceita o abraço que se te estende . Ele está nas cores e no jeito que as leva, sem reservas, nem maneiras consertadas.
A espontaneidade em Sérgio Lemos é impulso generoso para todo o homem que se julga só. Não existe qualquer conivência no descalabro das sociedades, nestas grotescas figuras.
As formas e as cores de que se revestem falam-nos de uma harmonia que se torna irresistível ao contemplador.
123

facebook Lugar do Desenho