22 Out. 1999 // 15 Abr. 2000

O Rosto do Mar

Júlio Resende

Galeria do Acervo | Collection Gallery

As obras reunidas sob a designação "O Rosto do Mar" resultaram, todas elas, de um vivo contacto experimentado junto daqueles, cuja vida depende de factores tão impoderáveis como é a lide do Mar.
Expressões, gestos e semblantes modulados pela correnteza das ondas. Claro! O que apresento não são obras de tése (!...), mas tão-somente registos (e certos desenvolvimento dos mesmos), em circunstâncias vivenciais únicas de convergência que os possibilitam. São afinal, desenhos, a maior parte deles, buscando a afirmação de uma verdade ajustável ao meu sentir. Datados em épocas diferenciadas. Outro aspecto que a exposição, creio, evidenciar, é o contributo do particularismo geo-humano na expressividade do desenho. O Atlântico foi, de certo modo, o grande cúmplice da minha pequena mas enorme aventura! Do litoral Norte da costa portuguesa até à costa Nordestina brasileira, passando pelas ilhas caboverdianas, o mesmo Atlântico. Só que os homens, esses, são diferentes, porque outras são as expressões, outros os gestos e semblantes! A percepção da diferença é sempre a inestimável provocação para alguém se sentir vivo!... Um desenho traçado na Póvoa de Varzim revela uma carga emocional de uma natureza bem diferente de um outro, executado numa qualquer costa de Pernambuco.
Ainda que isto represente apenas um aspecto de uma questão bem mais complexa, talvez baste para acentuar a importância que dou à emoção no acto de desenhar.

Outubro/99
Resende
123456
1956 | 28,6x36,7 | Técnica Mista
1956 | 28,6x36,7 | Técnica Mista
facebook Lugar do Desenho