12 Dez. 1997 // 15 Fev. 1998

"Sinais no Espaço e no Tempo"

Júlio Resende

Sala de Exposições Temporárias | Temporary Exhibitions Room

Inquiro-me frequentes vezes, quanto e o quê, se passa em mim, neste acto de comunicar que tem como suporte físico o muro, a tela ou o papel. A que forças responde o gesto que veicula essa marca? Da possível dualidade resultante do instinto e da razão, qual das duas, uma é superada pela outra, já que dificilmente aceitarei que uma se dispense da outra. Reconhecemos que a transmissibilidade do acto institivo requer um suporte apoiado pela Razão, ou melhor dizendo, por uma razão.
Essa é a chave que permite o entendimento e o auferimento do discurso.
A colectânea que constitui o presente volume infere um sentido que decorre num lapso de tempo e perante situações geográficas diferenciadas.
Por vontade minha e a anuência que resultou da sensibilização de Bial, estes apontamentos directos, daquelas situações, testemunham em boa parte, esse instinto irreprimível, diria, de uma vivência particular, acusando a totalidade dos sentidos. A diversidade de soluções explica-se pelo tempo e pela natureza geográfica. O elo que as fará identificar será por conseguinte, esse élan que faz da razão a minha razão. Não se queiram extrair da presente amostragem outras ilações, mormente especulativas, que este apanhado de uma espécie de "Diário Intímo", nada justificaria. Se algum mérito ela tem reside no tom confidencial a que me presto, na escrita e no desenho, que confundindo-se, resulta num manifesto de um modo de auferir a Vida de que deixo pálida e inconcludente testemunho.
12345678910111213
Exposição dos originais do livro editado pela BIAL
Exposição dos originais do livro editado pela BIAL
facebook Lugar do Desenho