27 Out. 2012 // 13 Jan. 2013

RICARDO PISTOLA | “trap”

Sala 3 | Room 3

“TRAP” apresenta-se num contexto no qual a ideia de restrição se encontra presente. A sua definição, enquanto significado, remete-nos para um dispositivo cuja finalidade é apanhar, reter um corpo, privando-o da sua mobilidade e da possibilidade.
Ao entendermos o conceito como uma concepção abstracta da representação, somos conduzidos para questões identitárias.
A construção identitária (individual e social) ocorre, em grande parte, através de representações que pretendem objectivar o “real”.
O interesse na comunicação que ocorre através destas representações conduz-nos a questões antropológicas e sociológicas, que nos levam a pensar sobre a imagem e a sua relação com a vida quotidiana.

“A vida quotidiana apresenta-se como uma realidade interpretada pelos homens e subjectivamente dotada de sentido para eles na medida em que forma um mundo coerente” (Berger e Lukmann, 1985).

Na reflexão sobre os fundamentos do conhecimento na vida quotidiana somos, inevitavelmente, conduzidos para o domínio da intencionalidade. No qual a consciência opera em diferentes esferas da realidade, dependendo do “objecto” com o qual nos deparamos. O entendimento da realidade quotidiana estrutura-se através do espaço e do tempo. A estrutura espacial encontra-se presente nas interacções interpessoais, remetendo para uma dimensão social. Enquanto a estrutura temporal assenta na dimensão da consciência, organizada pela existência do sujeito no mundo e na “realidade” quotidiana. Estas estruturas – espaciais e temporais – tornam o mundo compreensível, através da objectivação do “real” subjectivo.
A imagem permite questionar a existência concreta, o espaço e a temporalidade. Ela tem um carácter arqueológico, através do qual podemos pensar o passado, o presente e o futuro.
Ricardo Pistola, 2012

Ricardo Pistola nasceu em 1980 em S. João da Madeira.
Licenciado em Artes Plásticas – Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Desde 2001 apresenta regularmente trabalho em exposições individuais e colectivas. Actualmente, está envolvido no projecto “Atelier Viarco” na fábrica de lápis Viarco.

www.ricardopistola.com

facebook Lugar do Desenho